Noite severina – Ney Matogrosso e Pedro Luis

É. Cada ser tem sonhos a sua maneira.

Percorreremos por todo espaço-tempo do Universo para lá de depois das fronteiras do infinito, galoparemos abraçados pelos cometas desgovernados, contemplaremos as nebulosas, colocaremos uma pequena caixinha de som em cada estrela para fazer ressoar no infinito a Nona Sinfonia e os teus sorrisos far-se-ão princípio estético aos céus de todas as galáxias… ahhh a crueldade da tua beleza.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Comentário(s): 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>