O que são vida e morte

Falamos tanto a palavra vida e pouco falamos a palavra morte. Todavia, a morte é falada mais que a vida através da banalização da vida. A morte que pouco se fala é aquela que nos impele à vida na medida em que escreve no mundo e nas coisas um olhe-me pela última vez!

Mas o que são morte e vida?

O efeito de todas as nossas confusões e incompreensões que temos diante de tudo e de nada… O efeito de todos os nossos medos diante de um futuro que organizamos e planejamos nossos “lares” diante de um abismo sem fundo e sem luz… Talvez sejam estes os módulos que operam as nossas maneiras de usar vida e morte respectivamente.

Diante do não-sabemos-de-nada temos as palavras vida e morte para tagarelar, e nela colocamos e nunca deixamos de colocar incontáveis penduricalhos. Do cientista ao analfabeto vida e morte são palavras universais carregadas de conteúdos singulares e coletivos que servem somente aos nossos antropomorfismos mas de nada têm à cumplicidade com o “mundo” e as “coisas”.

Vida e morte não são fenômenos que estão em outro lugar senão no lugar em que colocamos com a nossa consciência; vida e morte estão antes na consciência do homem.

Contudo, é bem óbvio que qualquer animal que não tenha consciência busca por continuar “vivendo”, do contrário não faria nada para escapar da dor que dilacera e destrói. Ora, há algo em tudo o que “vive” que impele para uma perseverança no “viver”, evitar a destruição. Essa força que impele à sobrevivência encontra suas ressonâncias na consciência através dos significados de vida e morte, talvez seja por isso que, ainda que compreendemos que vida e morte sejam conceitos do homem para o homem na sua relação com o mundo e as coisas, jamais conseguimos boicotar a consciência que estremece diante do ter que morrer.

Vida e morte podem ser tudo o que criamos, vida e morte não existem como coisas em si, vida e morte são nomes que damos para as coisas que nos são mais incompreensíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>