Ecletismo do pensamento

Quem nunca ouviu, nos hospícios do saber universitário, um alerta vindo de um professor-dinossauro para não irmos tão longe das demarcações mais tradicionais do pensamento? Cada campo tem as suas demarcações, não importa qual seja a formação… Perambulando por outros terrenos do pensamento, sobretudo aqueles menos explorados, muitas vezes ouvi algo como “pare com esse ecletismo”, demorei um certo tempo para entender porque o teor tão negativo carregado naquele mando disfarçado de conselho, péssimo conselho, não faz bem segui-lo. É necessário ir mais longe, abrir ainda mais os pensamentos, ampliá-los, se jogar nos rizomas – 360º

(…) a condenação do ecletismo tem servido muitas vezes de álibi à incultura: é tão fácil e tão confortável encerrarmo-nos numa tradição. – Pierre Bourdieu. Algumas propriedades do campo in Questões de Sociologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>