O que é o Eterno Retorno (Nietzsche)

[Eterno retorno] é a lei de um mundo sem ser, sem unidade, sem identidade. (Deleuze)

Eterno Retorno é um conceito desenvolvido pelo filósofo Friedrich Nietzsche (1844-1900), considerado por ele próprio um dos seus pensamentos mais aterrorizadores. Foi durante um passeio em 1881 que Nietzsche refletiu sobre os sentidos das vivências em alternâncias que se “repetem”. Embora em várias de suas obras encontramos pistas do que seria o Eterno Retorno, é na sua obra A Gaia Ciência (1882), um dos mais belos livros antes de Nietzsche sofrer das baixas de sua saúde, que ele nos brinda com a idéia mais nítida do que seria esse conceito:

“E se um dia ou uma noite um demônio se esgueirasse em tua mais solitária solidão e te dissesse: “Esta vida, assim como tu vives agora e como a viveste, terás de vivê-la ainda uma vez e ainda inúmeras vezes: e não haverá nela nada de novo, cada dor e cada prazer e cada pensamento e suspiro e tudo o que há de indivisivelmente pequeno e de grande em tua vida há de te retornar, e tudo na mesma ordem e seqüência – e do mesmo modo esta aranha e este luar entre as árvores, e do mesmo modo este instante e eu próprio. A eterna ampulheta da existência será sempre virada outra vez – e tu com ela, poeirinha da poeira!“ Não te lançarias ao chão e rangerias os dentes e amaldiçoarias o demônio que te falasses assim? Ou viveste alguma vez um instante descomunal, em que lhe responderías: “Tu és um deus e nunca ouvi nada mais divino!” Se esse pensamento adquirisse poder sobre ti, assim como tu és, ele te transformaria e talvez te triturasse: a pergunta diante de tudo e de cada coisa: “Quero isto ainda uma vez e inúmeras vezes?” pesaria como o mais pesado dos pesos sobre o teu agir! Ou, então, como terias de ficar de bem contigo e mesmo com a vida, para não desejar nada mais do que essa última, eterna confirmação e chancela?” (aforismo 56)

Parece que o Eterno Retorno defende a tese de que pólos se alternam nas vivências numa eterna repetição. Criação e destruição, alegria e tristeza, saúde e doença, bem e mal, belo e feio,… tudo vai e tudo retorna. Porém, esses pólos não se opõem, mas são faces de uma mesma realidade, isto é, um complementa o outro, são contínuos de um jogo só. Alegria e tristeza são faces de uma única coisa experienciada com grau diferente.

A temporalidade não está presente no Eterno Retorno, a realidade para Nietzsche não tem uma finalidade nem um objetivo a cumprir, e por isso as alternâncias de prazer e desprazer se repetem durante a vida. – O Eterno Retorno não se reporta a uma demarcação temporal cíclica e exata, mas às nuances de vivências que se complementam e dão o colorido da vida.

O devir não ocorre de um modo exatamente igual, mas são variações de sentidos já vivenciados, faces de uma mesma realidade. A alegria e a tristeza que senti não serão iguais no amanhã, mas voltarei a experimentar esses estados em suas diferentes variações.

A indagação que Nietzsche nos faz através do aforismo acima não se trata de uma negação da vida, pelo contrário, nos remete a uma afirmação da vida. Não posso crescer se não experimento declínio e vice-versa, são faces de uma mesma moeda sem demarcação de tempo e exatidão, de tal modo, Nietzsche nos aponta que “os homens não têm de fugir à vida como os pessimistas, mas como alegres convivas de um banquete que desejam suas taças novamente cheias, dirão à vida: uma vez mais”. – Eis aqui uma bela resposta de Nietzsche ao “pessimismo” de Schopenhauer.

Se tudo retorna – o prazer e o desprazer, a dor e o deleite, a alegria e o sofrimento – queremos mesmo viver à eternidade onde nada de novo irá acontecer além de vivências com nuances variadas de uma mesma realidade? – Não é fácil dar uma resposta a indagação que o Eterno Retorno nos faz.  Mas apenas você pode respondê-la, e ninguém poderá fazer isso por você, uma resposta pronta e acabada não faz sentido, da mesma forma que a “verdade” e a “mentira” não encontram acomodação no pensamento de Nietzsche. Talvez decorra daí o sentido perturbador do conceito.

Nietzsche nos dá o Eterno Retorno como uma saída, que consiste em buscar a criação na destruição; só nessa complementação que podemos transcender e reafirmar a vida em detrimento dos valores que envenenaram a humanidade e negaram a vida, sobretudo, aqueles simbolizados na cruz.

Comentário(s): 46

  1. FirstMicheal

    I have noticed you don’t monetize your blog, don’t waste your traffic, you can earn extra cash every month because you’ve got high quality content.
    If you want to know how to make extra bucks, search for: Mrdalekjd
    methods for $$$

    Responder
  2. Pingback: O plano (o sentido da coisa) | Crônicas e Valor

  3. Jose

    Eterno retorno. Nit observou a dicotomia da vida. Não na visão de opostos, porém como partes complementares que dão sentido à vida. Os primórdios da civilização humana, conseguiram observar através da agricultura, este fenômeno que se repetia. Nas estações do tempo. Desenvolveu se essa ideia cíclica do tempo. O que passou, retornaria a ser novamente. Com o tempo, desenvolveu se a ideia da reencarnação, ou seja, a vida findada, retornaria novamente.

    Responder
  4. WANDERLEY FONSECA SILVA

    SARA SANTO VOCÊ ME DEIXOU AFLITO COM SUA CRENÇA NAS ESCRITURAS.[SIC]. O QUE ACONTECERÁ COM OS COM OS POVOS DA FLORESTA EM SUA INOCENTE NUDEZ ?
    NÃO SABEM DESTA MORALIDADE VITORIANA DE QUE VOCÊ TRANSCREVE.
    SERÃO DURAMENTE PUNIDOS?
    AFINAL ELES SE REPRODUZEM E SE MULTIPLICAM.

    Responder
  5. Alex Valadão

    Vejo a ideia inacabada de eterno retorno como uma maneira de demonstrar que não há ordem no universo, que tudo gira em caos, por isso sua aversão à metafísica e adesão ao materialismo (Deus está morto!), pois não existe uma ordem direcionada, ninguém está no comando de nada, e as coisas se sucedem aleatoriamente e como tudo que ocorreu até agora, ocorrerá novamente nesse estado de coisas, e mudaram ao sabor do acaso, tal qual Darwin, que mudou o pensamento de Nit, demonstrou…

    Responder
  6. Pingback: O terror

    1. Fernando

      Nietzsche diria que o eterno retorno é quando vc encontra em sua vida algo que valha a pena ser vivida, de forma que vc perceba em vc um aumento na sua potencia de agir, uma alegria, e que identificando esta alegria vc queira que ela se repita infinitamente…desta forma vc viverá o seu presente uma eternidade!!!

      Responder
  7. Sara Santo

    “Tu és um filho do universo e tal como as árvores e as plantas tens o direito de o habitar. Luta para seres feliz”..Vitor Espadinha……O sexo faz com que a mente humana se vire contra Deus do Universo criador dos Céus e da Terra. Jesus Cristo foi aquele que mais amou e o que mais foi magoado (é necessário pedir a ajuda do Espírito Santo)……………Maldição no jardim do Eden = morte, doenças, perca da vida eterna e da juventude…………..” A palavra de Deus é uma espada de 2 gumes. Fere as concupiscências da carne e dá vida ao Espírito Santo que está em nós”………..A SERPENTE que enganou Eva no Jardim do éden = SERPENTE que está inserida no emblema da ORDEM DOS MÉDICOS (doenças) – “até quando vos suportarei geração perversa?” ???? até quando vos suportarei geração materialista que deixais a serpente encarnar em vosso corpo???)……………..Adão e Eva viram que estavam nus e esconderam-se… nos dias de hoje a nossa sociedade já nem sabe o que é nudez e expõe publicamente em meios de comunicação social, como a televisão e a internet, aquilo que aos olhos de Deus foi indigno (desobediência – pecado original) e foi amaldiçoado… cuidado!! Quando as crises acontecem nos Países e na terra não é por acaso!! Deus se usa de muitas pessoas para falar as verdades dos evangelhos e elas ainda continuam a ser maltratadas como nos tempos antigos!! Os filhos de Deus não são uns quaisquer para ficar sempre à vossa mercê!!!!…………E também muitos falam em “demo” e não são permeáveis ás verdades do evangelho. “Nem todo o que diz Senhor,Senhor entrará no reino dos Céus, mas sim aquele que ouve a voz do meu Pai que está nos Céus e põe em prática”….…..Porque obrigais, em igrejas de Deus, as vossas crianças, velhos e pessoas frágeis, a expulsar “demos”???…..Cuidado!!!! Não se brinca com assuntos Divinos!!!……Antigamente, nos nossos tempos de criança, a Igreja Católica tinha como mandamento “Honrar Pai e Mãe”. Marco Paulo tem uma música muito linda que fala: “mãe querida, mãe querida… “, belos tempos!… porque muitos dizem que é música do mundo, se esta música refere-se ao maior dos dons de Deus?? o Amor…. (o evangelho de João é bem explícito acerca do Dom do Amor….)………. Jesus Cristo disse: ………”Quem ainda não pecou que lhe atire a primeira pedra… eu porém não pequei e não atiro”……………”Sepulcros caiados de branco”… “impões aos outros coisas quem nem vocês mesmos conseguem cumprir”…………..”Se não fordes como uma criancinha não entrareis no Reino dos Céus”…………..”A minha casa será chamada casa de oração e vós a tendes convertido num covil de ladrões”……………..É certo que as Igrejas recebam dinheiro (pão material), em troca de pão do céu, palavra de Deus – evangelho…………A palavra de Deus diz: “i-de e pregai o evangelho a toda a criatura. Todo aquele que crer e for baptizado será salvo. Porém quem não crer, será condenado” (até que se arrependa, creia e faça verdadeiramente a vontade de Deus)…………Jesus Cristo veio ao mundo para que todo o que N’Ele crê tenha vida e a tenha em abundância!……Por isso, não desprezais o evangelho, a palavra de Deus, nem falais mal dos pastores ou líderes das igrejas, porque, a seu tempo todos irão reconhecer toda a verdade e irão no caminho da Luz – Jesus Cristo……………Só a Deus – Pai, Filho e Espírito Santo compete julgar!!………….Aquilo que mais faz prosperar ao homem é a obediência a Deus………………..Devemos acabar com toda a espécie de mentira, ou “cambalacho” na nossa vida. Na verdade, Na Verdade, Deus já nos vê Gloriosos. Quanto mais verdade, em amor, nós lançarmos à terra, mais tomamos posse das nossas promessas de prosperidade e abundância de dias. Devemos falar cada vez mais a verdade, de acordo com o evangelho, evitando enganos à nossa volta, porque a Verdade é aquilo que permanece para sempre e ninguém destrói………..A Verdade de Deus do Universo destrói as mentiras…………..“Nem todo o que diz Senhor Senhor, entrará no Reino dos Céus, mas o que ouve a voz de meu Pai que está nos Céus e põe em prática”…………..A voz de Deus é apenas a verdade, são as verdades bíblicas; as verdades do evangelho!………..”Dai de graça o que de graça receberdes”………………..”não magoeis o meu coração.. o coração do Espírito Santo”……….“o pecado contra o filho do homem poderá ser perdoado, mas o pecado contra o Espírito Santo não é perdoado neste século nem no século que há-de vir…”… Deus perdoa apenas o tempo da nossa ignorância, porque a todos assiste o direito à renovação e à liberdade em Cristo…………….”abstei-vos da maldicência”……….. “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.””(têm ouvidos e não ouvem, têm mãos e não abençoam, têm boca e não falam… assim se farão os que as adoram…”Os verdadeiros adoradores são aqueles que me adoram em Espírito e em Verdade”…O Espírito de Deus nunca se poderia comparar a uma estátua de pau ou pedra)…………..Mas… atenção!! O Papa João Paulo II deu o maior exemplo de perdão ao mundo, ao perdoar o rapaz que o alvejou. “Perdoa para seres perdoado. Com a mesma medida com que perdoares serás perdoado de volta”……………“os escândalo hão-de vir… mas ai de por quem vêm os escândalos!”…………..”NÃO PROIBAIS A ORAÇÃO EM LÍNGUAS” – Apóstolo Paulo………….. A oração em línguas traz reinados (batismo pentecostal). “Quem ora língua estranha, não ora aos homens senão a Deus porque ninguém o entende e em espírito ora mistérios” – Sair da maldição só é possível com o poder do Alto (Poder de Deus)………..Os filhos de Deus são herdeiros do “trono de David”……………“Olhai os lírios do campo que nem tecem nem fiam e nem Salomão em sua Glória se vestiu tão bem como qualquer um deles”………….“procurai o reino de Deus e a sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas”……….. “assim prospere a vossa vida como prospera a vossa alma” – Apóstolo Paulo

    Responder
    1. Fernando

      Sara Santo, Gostaria de saber a pertinencia do seu comentário com o assunto em questao???Vc realmente precisa estudar Nietzsche para se libertar deste seu modelo mental que escraviza a sua vida!!!um dos grandes pilares do pensamento nietzscheano é o de que deus morreu!!!portanto, viva a sua vida e nao fique aguardando que vc será recompensado na sua morte.

      Responder
  8. José Arimateia

    O que existe de eterno retorno, que possa ser demonstrado, além das tristezas e alegrias inerentes à vida “humana”? Nietzsche foi genial, mas essa ideia dele assemelha-se ao idealismo platônico que ele tanto criticou. Mede o universo pelo homem, algo semelhante ao que fizeram os filósofos idealistas. O universo não tem fim, ao contrário do homem. A vida não é o universo, o universo não é a vida “humana”.

    Responder
  9. Francisco Matheus de Sousa

    Nos comentários compararam eterno retorno com deja vu. Muito boa imaginação! Porém não era nessa ideia que Nietzsche queria chegar. Eterno retorno é o espaço e o tempo se comportando da forma que sempre se comportaram e sempre vão se comportar, sem sentido ou objetivo, sem meta ou alvo, retornando incansavelmente em escalas grandiosas e também minúsculas. Seres microscópios que desprezamos por sua pequenez fazem parte do eterno retorno, contudo galáxias inteiras nas quais somos depressíveis perto delas também fazem parte do eterno retorno. Tudo volta a acontecer na nossa vida, assim como abaixo dela e também acima dela. Não é só vc que tem uma rotina, tudo no espaço tem uma rotina, Mas são apenas rotinas!

    Responder
  10. Alex José de Souza

    Eu já havia pensado nisso e fiquei surpreso ao descobrir que Nietzsche já havia cogitado tal conceito. Na minha visão o Eterno Retorno refere-se à repetição contínua, baseando-me no deja vu, da mesma vida, que se repete no mesmo período, com algumas possibilidades de mudanças, quando recordamos alguma situação que já vivemos e que numa fração de segundos, conseguimos ter consciência dela. No final retornamos ao nosso princípio individual, por exemplo, nasci em 1966 e quando eu morrer, renascerei em 1966, no mesmo dia e mês, entrando em um processo cíclico de repetição. A Bíblia também fala sobre isso no livro de Eclesiastes, quando salomão diz que tudo que existe, já existiu um dia e tornará a ser novamente, num ciclo constante de idas e vindas.

    Responder
  11. Maycon

    EXPLICAÇÃO SOBRE O “UNIVERSO PARALELO.”
    Seqüencia de si mesmo.
    Tudo se repete, cada movimento, cada ação, todo e qualquer destino de cada pessoa, tudo que se passa é o que já se passou, e tudo que passou vai tornar a passar novamente em um outro ciclo totalmente repetido a este pois existe no sistema do universo o principio o meio e o fim , mas o fim é o próprio principio exatamente igual a passagem entre um ciclo e o outro pois todos seqüencialmente e infinitamente são iguais e perfeitamente imperfeito gerando assim toda a diversidade e a evolução continua do mesmo ser ao longo de cada ciclo determinando cada setor a ser vivido por cada pessoa em seu repetido destino. Enfim tudo se repete igualmente em todos os ciclos independente de cada pessoa, um exemplo, eu já escrevi este texto no ciclo passado, estou escrevendo este mesmo texto neste ciclo, e vou tornar a escrever este mesmo texto no próximo ciclo, enfim tudo o que faço eu já fiz e vou tornar a fazer tudo exatamente igual ao que estou fazendo neste momento isto se chama (universo paralelo). Tudo tem seu tempo, seu momento a se concluir cada ação e cada atitude, mas o que tem de ser será e sempre foi assim esta sendo neste momento se este texto teve algum resultado é por que sempre foi assim e sempre será por toda a eternidade ontem hoje e no amanhã, pois o “amanhã se fará hoje e o hoje é o que foi ontem e o ontem se repetirá no amanhã.”que se faz hoje.

    Responder
  12. Maycon

    EXPLICAÇÃO SOBRE O “UNIVERSO PARALELO.”
    Seqüencia de si mesmo.
    Tudo se repete, cada movimento, cada ação, todo e qualquer destino de cada pessoa, tudo que se passa é o que já se passou, e tudo que passou vai tornar a passar novamente em um outro ciclo totalmente repetido a este pois existe no sistema do universo o principio o meio e o fim , mas o fim é o próprio principio exatamente igual a passagem entre um ciclo e o outro pois todos seqüencialmente e infinitamente são iguais e perfeitamente imperfeito gerando assim toda a diversidade e a evolução continua do mesmo ser ao longo de cada ciclo determinando cada setor a ser vivido por cada pessoa em seu repetido destino. Enfim tudo se repete igualmente em todos os ciclos independente de cada pessoa, um exemplo, eu já escrevi este texto no ciclo passado, estou escrevendo este mesmo texto neste ciclo, e vou tornar a escrever este mesmo texto no próximo ciclo, enfim tudo o que faço eu já fiz e vou tornar a fazer tudo exatamente igual ao que estou fazendo neste momento isto se chama (universo paralelo). Tudo tem seu tempo, seu momento a se concluir cada ação e cada atitude, mas o que tem de ser será e sempre foi assim esta sendo neste momento se este texto teve algum resultado é por que sempre foi assim e sempre será por toda a eternidade ontem hoje e no amanhã, pois o “amanhã se fará hoje e o hoje é o que foi ontem e o ontem se repetirá no amanhã.”

    Responder
  13. fabio renzo

    MARIO FERREIRA DOS SANTOS, BRILHANTE FILÓSOFO BRASILEIRO, QUE ME PARECE O MAIOR CONHECEDOR DA FILOSOFIA NIETZSCHIANA NO BRASIL E CERTAMENTE NO MUNDO, AFIRMA, CATEGORICAMENTE A FASE “ESOTÉRICA” DE NIETZSCHE, AINDA NA PLENITUDE DE SUA SANIDADE FÍSICA, INCLUIDA AÍ SUA CAPACIDADE DE CONSTRUÇÃO FILOSÓFICA.
    ZOROASTRO, NOME PERSA DE ZARATUSTRA, APONTA A FONTE NIETZSCHIANA.
    ASSIM É QUE PEÇO LICENÇA PARA NIETZSHIANAMENTE AFIRMAR QUE O AFORISMO REFERE-SE À REPETIÇÃO EXATA DE TUDO AQUILO QUE CITA. CONVIDA-NOS A CHANCELAR A VIDA PELA VIDA COMO É. A SERMOS O QUE REALMENTE SOMOS. DE FORMA ATIVA E NÃO REATIVA. O SUPER-HOMEM JÁ EXISTIU, E EXISTIRA OUTRA VEZ E OUTRA E MAIS OUTRA. ASSIM O QUIS O INCOGNICÍVEL.

    Responder
    1. matesu

      exatamente! pelo eterno retorno as ações perdem o seu peso ou se tornam insuportavelmente pesadas.
      É apenas um aforismo para tentar medir o peso da vida. Não há nada metafísico na conotação pretendida.

      Responder
  14. Iderley Lima

    seu texto é bastante esclarecedor, do ponto de vista das interpretações possíveis em torno da filosofia de Nietzsche, pois, quando se fala em filosofia nietzscheana a única coisa que nos é permitida são as conjecturas a respeito de seus conceitos, uma vez que o próprio parece querer, de propósito, não ser entendido, o que segundo o mesmo é peculiar aos espíritos livres e profundos.

    Responder
  15. Pingback: Eterno Retorno « Lumen Spíritus

  16. Mafer

    Você não acha que o conceito do eterno retorno e o “conceito” de Yin e Yang tem alguma simetria? E dessa forma, as ideias de Lao Tse e Nit, fazem sentido quando comparadas? essa é uma pergunta que gostaria muito que vc comentasse… Isso porque acho que Lao Tse procura responder a questão colocada no fim do seu texto quando ele diz que podemos viver essa realidade, mas não devemos ficar enredados nessa realidade…

    O que vc acha?

    Responder
  17. Pingback: O Alienista no Teatro Glauce Rocha « Crab Log

  18. Pingback: Nietzsche uma filosofia a marteladas | Eterno Retorno

  19. ionice neves de carvalho maia

    foi bastante esclarecedor o conceito elaborado(e nao acabado!) do eterno retorno de Nitzche, eu já havia lido alguns conceitos do filósofo e ainda não havia entendido o que ele queria dizer.
    obrigada!!

    Responder
  20. adhemar

    oi eu ja li muitos livro de religion e de filosofia gostaria de deichar un texto :: entao darei hoje para vcs leitores a compreender quen foi Niet– Niet quer dizer eterno retorno — ele simplismente consiguio realizar O que ele era -e fez nos entendermos que ele nao so passou uma vez neste mundo mais como muitas por isso sAbe jugalas tudo . ele foi un dos ultimo dos diciplos de Dianosiaco . veja crepulso dos idolos –si vc entender ele quer dizer qui mesmo e esta pagando o que fez antigamente e por muitas vez -a cada momento en que ele chega no mundo ele nao tem nada a perder ele e un diciplo de Dianosio

    Responder
  21. ana

    Apenas uma pequena correção na parte final do texto para concordar o substantivo plural “valores” com os verbos plurais “envenenaram” e “negaram”.

    Responder
  22. Pingback: A insustentável leveza do ser - Kundera | Eterno Retorno

  23. Ana Paula Foreini

    Olá, tenho lido alguns artigos seus sobre Nit, são todos muito bons, espero que continue assim, sou fã do filósofo e tenho encontrado muita ajuda em seus textos. Para´bens!

    Responder
  24. bidu

    a única forma de não nos preocuparmos com o eterno retorno é trabalhando em construção do super-homem. Sabemos que nosso mundo já anda desordenado com a tal ‘vontade de potência’ de alguns e, da covardia de outros. Portanto, devemos criar as nossas própias escritas, pensamentos e não seguir mais ninguém…parece que vocês não aprenderam a mensagem do malucão nietzsche! Vivam, destruam as bibliotecas, destruam os doutos, os sábios, façamos ‘guerra’, sejamos politicos de si mesmo, mas por mais que seja triste a vida..ame-a. goze da solidão ou da companhia. O titio nietzsche está de olho em vocês,..e de mim também uhauhauh
    Já pensaram em quantos mortos estamos pisando?
    há muitas outras coisas pra se fazer na vida, por isso eu vou me embora.

    Responder
  25. Laís Ferreira

    Oie, gosto muito do Nietzsche, mas acho muito complicado a filosofia dele. Seu texto me ajudou bastante, espero que continue colocando mais textos sobre, bjo.

    Responder
  26. Vitor Hugo Nogueira

    Bela iniciativa…já acompanhava o “LOG” e seus textos sempre muito bem elaborados…agora serei assíduo leitor do “Eterno Retorno”.

    Forte abraço,
    Vítor Hugo Nogueira

    Responder
  27. Pingback: domelhor.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *