Sartre e a fenomenologia

“(…) há séculos não se sentia uma corrente tão realista na filosofia. Os fenomenólogos voltaram a mergulhar os seres humanos no mundo, devolveram a seus medos e seus sofrimentos, também às suas revoltas, todo o seu peso.” – SARTRE, Jean-Paul apud Safranski, Rüdiger. Heidegger – um mestre na Alemanha entre o bem e o mal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *